Total de visualizações de página

9 de julho de 2010

atchim......

Após o fiasco na Copa,a demissão do Dunga e toda a equipe,tinha de haver alguma sugestão,mesmo sem imposição,como foi o caso.
Foi de responsabilidade do LULA, a sugestão de trocar o presidente da CBF,e também da FIFA, pelo menos de oito em oito anos. Apesar de não ser um orgão governamental,a CBF,também não é uma propriedade particular,e só mantém o presidente e sua diretoria,com negociações feitas com os presidentes de clubes,estes sim muitas vezes mantidos com recursos públicos.
Muito boa a colocação do Presidente. Penso que mudanças devem acontecer com frequencia,em entidades representativas de classes da população. Como temos a oportunidade de eleger politicos,presidentes,Deputados,Prefeitos Governadores,Vereadores,também as entidades, principalmente as financiadas pelo poder público,deveriam ter em seus estatutos,uma clausula de impedimento,em caso de administrações,sem sucessões.
É de suma importancia a participação das pessoas que diretamente ,ou indiretamente financiam os projetos,as realizações,quer sejam pessoas fisicas, juridicas,ou orgãos governamentais.Afinal,é para elas que feito o evento.
Em qualquer empresa privada,a voz do dono, é sem dúvida a voz do povo consumidor,captada através de pesquisas de produtos, atendimentos,e de satisfações pessoais.Muito importante dar ouvidos à Ouvidoria e ao SAC.
Qualquer funcionário,quer seja do alto escalão ou não,terá de cumprir as diretrizes da empresa particular,principalmente no quesito de atendimento ao cliente,sob pena de mudar de função,ou ser até sumariamente demitido.Quem obviamente não será demitido,será o proprietário;mas se não investir no consumidor,fatalmente perderá o seu emprego e capital investido.
Por isso,penso que a substituição de presidentes de orgãos,em prazos determinados,será de bastante valia,para a entidade,ou,na pior das hipotéses,uma consulta através de Sac,ou Ouvidoria,aos consumidores.
Valeu Lula, pela sugestão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário